Brasileirão Série B

Coelho vence, permanece na briga pelo título e afunda Ceará na lanterna

8/11/2015 10:30:00 PMReginaldo Júnior

América-MG vence por 2 a 0, chega a 1000 gols em Campeonatos Brasileiros e segue na briga pelo título; Vovô amarga situação ruim e ouve protestos da torcida




Um continua no fundo do poço. O outro é mais candidato ainda ao título e ao acesso à elite nacional. A sina de Ceará e América-MG, nesta Série B, parece não ter volta, depois da vitória por 2 a 0 do time mineiro, nesta terça-feira, no Castelão. Enquanto o Vovô continua na última posição, cada vez mais distante da luz do fim do túnel, o Coelho continua na briga pelo título, em boa fase, terminando na segunda colocação ao final da rodada. Mostrando que, se continuar assim, irá brigar pelo título e para subir à Primeira Divisão.

Cirúrgico. Assim foi o América-MG na partida. Teve poucas chances de marcar, mas, quando foi para o ataque, balançou as redes - todas no segundo tempo. Toscano fez o primeiro; Mancini fez o outro, que representou o gol 1000 da equipe em todas as divisões de Campeonatos Brasileiros. Com a vitória, o América-MG chegou aos 34 pontos e está na segunda colocação, mesma pontuação do líder Vitória, mas perdendo no saldo de gols. Já o Ceará continua em último lugar com 11 pontos, mais distante ainda do primeiro fora do Z-4.

Na última rodada do turno, o América-MG tem uma "final antecipada" contra o Botafogo, que também briga pela liderança. A partida será no sábado, às 16h30 (de Brasília), no Independência. No mesmo dia, mas às 21h, o Ceará visita o Macaé, no interior do Rio de Janeiro.

Marcelo Toscano comemora gol marcado contra o Ceará (Foto: Reprodução/Premiere)Marcelo Toscano comemora gol marcado contra o Ceará (Foto: Reprodução/Premiere)
O jogo 

Precisando dar uma resposta no campeonato e à torcida, o Ceará não se intimidou com a situação que vive na Série B e foi para cima. Com caras novas no time, a equipe, apesar da pouca organização, mostrou vontade e tentou garantir o resultado no primeiro tempo. Na melhor chance, Rafael Costa recebeu na área, encobriu o goleiro, mas... ele estava impedido. O América-MG, lutando pela liderança, mostrou-se acuado e teve muitas dificuldades para chegar ao gol de Everson, pouco acionado.

Mas foi só o segundo tempo começar para o América-MG mostrar outra postura. Velocidade nos contra-ataques e marcação eficiente no meio: a fórmula para a equipe dominar a partida e marcar o gol aos cinco minutos. Walber cruzou da direita, e Marcelo Toscano mandou, de cabeça, para o gol.
Resultado? Vaias nas arquibancadas, e Ceará nervoso em campo. Para piorar para o Vovô, o meia Bernardo, que entrou aos 12 minutos, foi expulso nove minutos depois, após reclamação com a arbitragem. Apesar da superioridade numérica, o América-MG não transformou isso em domínio em campo. Levou certa pressão dos donos da casa, mas, mais uma vez, quando foi ao ataque, balançou as redes com Mancini. Foi o estopim para a torcida do Ceará se revoltar nas arquibancadas e se desesperar mais ainda com a situação. O Coelho, que não tem nada a ver com isso, volta para a casa com mais três pontos e motivado para a "final" contra o Botafogo.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.