Brasileirão Série A

Com polêmica, troca de árbitro, brilho de Gamalho e Camacho, Avaí bate Inter

8/30/2015 01:17:00 PMReginaldo Júnior

Depois de três derrotas seguidas na competição, Leão vence o Colorado com bela apresentação e deixa o Z-4; Argel volta a Ressacada com revés, e Inter segue em 10º




Teve polêmica, muitas chances, belas defesas, bonitos gols e até troca de árbitro na Ressacada. Na partida entre Avaí e Inter, neste domingo de manhã, pela 22ª rodada do Brasileiro, que marcou o reencontro do time catarinense com o ex-técnico do arquirrival, o Leão demonstrou sua força adormecida dentro de casa. Com destaque para Léo Gamalho, autor de dois gols, e Camacho, que fechou a conta para o time da casa, a equipe azul e branca fez 3 a 0 no Colorado e deixou a zona de rebaixamento, ao qual entrou pela primeira vez na última rodada.

Com o resultado em Florianópolis, o Leão pulou para a 15ª posição com 23 pontos( Cruzeiro e Goiás, no entanto, ainda jogam neste domingo e podem passar). O time gaúcho, com a derrota, segue com 28 pontos e na 10ª colocação.
As equipes voltam a jogar pelo Brasileiro no meio de semana: ambos na quarta-feira. Às 19h30, o Inter volta para casa e recebe o lanterna Vasco no Beira-Rio. Já o Leão tem uma longa viagem pela frente. Encara o Flamengo em Natal, com mando de campo carioca, na Arena das Duanas, às 21h.

Marquinhos Avaí x Inter (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)Marquinhos Avaí x Inter (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)

O Inter começou a partida jogando para frente, como se jogasse em casa. Tinha mais posse de bola, mais domínio no meio de campo, e as melhores chances de gols, com Sasha e Vitinho movimentando-se muito e confundindo a marcação do time da casa - na melhor das oportunidades, o primeiro teve grande chance, demorou para bater e foi atropelado pelo garoto Lucas Lovat, mas o árbitro mandou o jogo seguir.  Mas a partir dos 20 minutos o jogo se inverteu. O Leão cresceu na partida, principalmente com as articulações de Marquinhos e Camacho, com presença forte de Léo Gamalho no sistema ofensivo.

A segunda etapa começou novamente com o time visitante mais ofensivo. Em menos de 5 minutos de bola rolando, D'Alessandro teve boa chance, assim com Sasha, que não abriu o marcador porque o travessão impediu. Se o Inter reclamou de um pênalti não marcado na primeira etapa, gritaria alto em protesto pela penalidade marcada em Léo Gamalho na etapa complementar, aos 21 minutos. Batido e convertido pelo próprio centroavante, que logo em seguida marcou o seu segundo, e segundo do Leão, com bela assistência de Camacho, de cabeça. O paraguaio ainda fecharia sua bela apresentação na partida com o terceiro e derradeiro gol da partida, em lindo chute de fora da área.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.