Brasileirão Série A

Na estreia de Dorival Júnior, Santos vence após quatro derrotas seguidas

7/11/2015 09:13:00 PMReginaldo Júnior

Na Vila Belmiro, com defesa compacta e mais força na frente, time paulista faz 3 a 0 no Figueirense e sai da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro




Na sexta-feira à tarde, Dorival Júnior foi apresentado e treinou o Santos. No sábado à noite, após quatro derrotas seguidas, o time paulista fez 3 a 0 no Figueirense, chegou aos 13 pontos e saiu da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Mágica? Além do tradicional ânimo após uma troca de treinador, o Peixe apresentou um setor defensivo mais compacto, além de os gols terem saído não só dos pés do artilheiro do campeonato, Ricardo Oliveira, com oito gols, que desta vez passou em branco na Vila Belmiro. A equipe catarinense tem dois pontos a mais (15), mas acumulou sua segunda derrota seguida.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO BRASILEIRÃO-2015

No próximo domingo, pela 14ª rodada da competição nacional, o Santos joga contra o Palmeiras na arena alviverde, às 16h. Nos mesmos dia e horário, o Figueirense recebe o Coritiba no Orlando Scarpelli.

O jogo

A ideia de Dorival Júnior era fechar o meio de campo para proteger a zaga santista, que tinha tomado quatro gols do Goiás na última quarta-feira. O zagueiro Paulo Ricardo foi improvisado como volante ao lado de Thiago Maia. Deu certo no primeiro tempo: o time catarinense teve pouco espaço. O problema era que, fechado na defesa, dificultava as ações dos donos da casa.

Geuvânio e Gabriel tentavam abrir a defesa visitante trocando de lado. Mas o Peixe só melhorou mesmo quando Lucas Lima passou a participar mais do jogo. Aos 31 minutos, ele cobrou escanteio na segunda trave, Gabriel tocou de primeira na trave, e a bola voltou para a marca do pênalti, onde David Braz apareceu para completar com força para gol: 1 a 0.

Já na volta para o segundo tempo, Argel Fucks colocou Ricardinho no lugar de Yago para tentar dar mais qualidade no setor de criação do Figueira. Mas a tentativa durou apenas 22 segundos, que foi o tempo necessário para, após a saída de bola do Peixe, Lucas Lima lançar Ricardo Oliveira e pegar o rebote da zaga adversária para fazer 2 a 0.

O jogo ficou completamente aberto a partir daí. E não demorou para sair o 3 a 0: aos 17 minutos, Gabriel completou na pequena área um cruzamento rasteiro de Victor Ferraz. Dorival e Argel gastaram as outras substituições, mas a partida já estava decidida.

Para se manter fora dos últimos quatro lugares, o Santos tem que torcer para que o Avaí (contra a Chapecoense, em casa) ou o Internacional (contra o Joinville, fora) não ganhem.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.