Brasileirão Série B

Santa Cruz bate Bragantino fora de casa e deixa zona de rebaixamento

7/04/2015 06:51:00 PMReginaldo Júnior





Foto: Site Oficial do Santa Cruz


Na tarde desta sábado, o Santa Cruz visitou o Bragantino no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), e chegou ao segundo triunfo seguido no Campeonato Brasileiro da Série B. O time comandado por Marcelo Martelotte aplicou 2 a 1 e chegou aos 12 pontos, deixando a zona de rebaixamento. Já a equipe paulista segue em nono lugar, com 14.
Superior durante toda a partida, o Santa Cruz só começou a construir a vitória na segunda etapa. Aos 12 minutos, Anderson Aquino abriu o placar de uma maneira esquisita, jogando o corpo na bola cruzada por Marlon. Depois, aos 35, um contra-ataque mortal puxado por Renatinho terminou em uma verdadeira pintura do meia coral, que tocou por cobertura sobre Douglas para fazer o segundo. Já nos acréscimos do jogo, Jobinho diminuiu para o Bragantino, mas não foi o suficiente para evitar o revés.

Agora, as duas equipes voltam a campo pela Série B na próxima terça-feira. Às 19h30, o Bragantino visita o Criciúma de Petkovic no Heriberto Hulse. Mais tarde, às 21h50, o Santa recebe o CRB no Arruda.

O jogo

Precisando vencer para deixar a zona de rebaixamento, o Santa Cruz tomou a iniciativa do jogo nos primeiros minutos. O time de Marcelo Martelotte marcava no campo do Bragantino, dificultando a saída de bola da equipe paulista. Com o tempo, os mandantes se restabeleceram e equilibraram a partida.

Aos 12 minutos de jogo, o Santa Cruz teve uma notícia nada agradável. O zagueiro Alemão se chocou pelo alto com o lateral Marlon e teve de sair de ambulância do estádio, com a suspeita de um trauma na cabeça, e Diego Sacoman entrou em seu lugar.

Passado o susto, o Tricolor pernambucano teve uma chance de ouro para abrir o placar aos 18 minutos. Anderson Aquino recebeu cobrança de escanteio da esquerda e, livre de marcação, cabeceou para fora e desperdiçou a chance. Já no fim da primeira etapa, aos 39, mais uma bola parada por pouco não balançaria as redes do Bragantino. Lelê bateu tiro livre indireto no ângulo, mas o goleiro Douglas voou para salvar o clube alvinegro.

No lance seguinte, quem chegou perto de tirar o zero do placar foi o time da casa. O volante Jocinei aproveitou uma bola mal rebatida pela defesa pernambucana para soltar uma bomba de fora da área, que passou muito perto da trave esquerda de Fred.

No segundo tempo, os visitantes continuaram levando mais perigo em suas investidas de ataque. Logo aos 2 minutos, o time de Pernambuco novamente chegou perto de abrir o placar em uma cobrança de falta. Desta vez, Nininho tentou bater rasteiro, por baixo da barreira, mas parou no bem colocado arqueiro Douglas.
A superioridade do Santa na partida se transformaria em bola na rede dez minutos depois. Marlon cruzou da esquerda e Anderson Aquino, de uma maneira tanto quanto esquisita, tocou para o barbante.
Atrás no placar, o técnico Osmar Loss tentou uma troca para dar ânimo ao time: saiu Alan Mineiro, entrou o jovem Zé Paulo, das categorias de base do Corinthians. Do outro lado, Marcelo Martelotte resolveu trancar a defesa, promovendo a estreia do ex-volante do Braga, Moradei, no lugar do atacante Nathan.
A alteração surtiu mais efeito do lado pernambucano, que passou a investir nos contra-ataques, aproveitando a frágil defesa alvinegra. Foi justamente em um contragolpe que a equipe coral chegou ao segundo gol, e que golaço. Aos 35 minutos, Renatinho aproveitou a sobra de um escanteio cobrado pelo Bragantino, arrancou rumo ao campo de ataque e deu um belíssimo toque por cobertura sobre o adiantado Douglas.

Nos minutos finais, o Bragantino se lançou ao ataque para diminuir o prejuízo, e conseguiu o gol de honra já nos acréscimos. Diego Maurício recebeu dentro da área e bateu para defesa de Fred. No rebote, Rodolfo empurrou para as redes, fechando o placar em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 1 x 2 SANTA CRUZ




Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 04 de julho de 2015, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Marconi Helbert Vieira (MG) e Luiz Antonio Barbosa (MG)
Cartões amarelos: Bruno Costa, Jobinho e Zé Paulo (Bragantino); Danny Morais, Bileu e Nininho (Santa Cruz)

GOLS:
BRAGANTINO: Rodolfo, aos 50 minutos do segundo tempo
SANTA CRUZ: Anderson Aquino, aos 12 minutos, e Renatinho, aos 35 minutos do segundo tempo


BRAGANTINO: Douglas; Everton Dias, Leandro Silva, Luan e Roberto (Rodolfo); Bruno Costa, Jocinei e Alan Mineiro (Zé Paulo); Chico (Johnathan), Jobinho e Diego Maurício
Técnico: Osmar Loss

SANTA CRUZ: Fred; Bileu (Nininho), Alemão (Diego Sacoman), Danny Morais e Marlon; Wellington, Renatinho, Lelê e João Paulo; Nathan (Moradei) e Anderson Aquino
Técnico: Marcelo Martelotte

Fonte: ESPN

You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.