Brasileirão Série B

Com gol aos 45 minutos, Sampaio Corrêa arranca empate do Paysandu

7/18/2015 07:27:00 PMReginaldo Júnior

Gols foram marcados por zagueiros. O Paysandu fez com Gualberto aos 38 minutos e Plínio empatou para o Sampaio, aos 45. Ambos no segundo tempo.




Equilíbrio e emoção marcaram o empate de Paysandu e Sampaio, no Mangueirão, pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Os times não voltaram ao G-4, mas também não ficaram tão distantes dos adversários. Os gols foram marcados depois dos 35 minutos do segundo tempo. O empate foi no último minuto do tempo regulamentar.

Os gols foram marcados por zagueiros. O Paysandu fez com Gualberto aos 38 minutos e Plínio empatou para o Sampaio, aos 45. Ambos no segundo tempo.

Com o resultado, o Paysandu ficou com 23 pontos na sexta colocação, enquanto o Sampaio está na sétima com 22 pontos.

Na próxima rodada, ambos voltam a jogar no sábado. O Paysandu joga contra o CRB, no Rei Pelé, novamente às 16h30. O Sampaio recebe o ABC, no Castelão, no mesmo horário.

O jogo

O primeiro tempo foi bem equilibrado. As oportunidades foram criadas para ambas os lados, mas ninguém aproveitou. O primeiro tempo terminou sem gols, mas agradou o público.

O Paysandu contou com a velocidade e a inteligência de Yago Pikachu. Caindo pela direita, ele criou algumas situações, mas seus companheiros pararam nas mãos do goleiro do Sampaio, Ruan. Aos 12 minutos, Pikachu fez boa jogada e deixou para Fahel, que quase marcou de cabeça.

Sampaio empatou com Paysandu por 1 a 1 no Mangueirão (Foto: Afonso Diniz / GloboEsporte.com)Sampaio empatou com Paysandu por 1 a 1 no Mangueirão (Foto: Afonso Diniz / GloboEsporte.com)

A melhor chance do Papão foi aos 34 minutos com Souza. Ele recebeu de Aylon. A defesa tricolor parou e se não fosse o goleiro o atacante teria feito a festa da torcida bicolor no Mangueirão.

Pelo Sampaio, o destaque foi Nádson. Com a ausência de Pimentinha, coube ao meia as jogadas mais vistosas e ele conseguiu fazê-las. Logo aos 9 minutos, o jogador recebeu a bola de Moisés e passou bem pela marcação, mas o chute foi defendido por Emerson, o goleiro do Paysandu. Em outra jogada, Nádson passou por três defensores e deixou para Diones, mas o volante perdeu a bola.
Contudo a melhor chance do Sampaio foi aos 14 minutos em uma jogada que envolveu Raí, Douglas, Nádson, Diones e Válber. Este aproveitou o rebote do goleiro e chutou forte, mas a bola bateu na trave.

No segundo tempo, o Paysandu começou tentando surpreender o Sampaio antes do primeiro minuto. Edinho avançou e Carlinhos bateu para a defesa de Ruan. Na sequência, Souza bateu de novo e o goleiro faz outra defesa importante.

Depois disso, o Paysandu ainda arriscou, mas a predominância foi de lances sem objetividade. Muitos lançamentos da defesa ao ataque faziam a partida ficar abaixo do primeiro tempo. Até que a emoção resolveu voltar e depois dos 35 minutos tudo mudou.

O Paysandu marcou com Gualberto, de cabeça, aos 38 minutos após lançamento de Yago Pikachu. O goleiro Ruan falhou na jogada.

A torcida fez festa e à medida que os 45 minutos chegavam, a torcida bicolor cantava mais forte. Mas aí os 45 minutos chegaram e quem cantou foi a torcida do Sampaio, em menor número no Mangueirão. Em jogada de escanteio, Nádson levantou e Plínio marcou de cabeça.

Depois do empate, o jogo não teve mais nenhuma jogada de maior destaque e a festa do Sampaio foi proporcional à frustração do Paysandu em virtude do empate aos 45 minutos.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.