Brasileirão Série A

Ponte e Inter empatam com brilho dos goleiros e não se erguem após quedas

7/26/2015 06:01:00 PMReginaldo Júnior

Marcelo Lomba e Alisson se destacam e viram protagonistas em 0 a 0 que pouco ajuda as equipes na tabela após eliminações na Copa do Brasil e Libertadores




Não faltaram alternativas e chances de balançar as redes. As eliminações na Copa do Brasil e na Libertadores, respectivamente, parecem ter acordado Ponte Preta e Inter, na tarde deste domingo, em duelo pela 15ª rodada do Brasileirão. O problema é que os goleiros estavam ainda mais ligados e, com grandes defesas, evitaram gols após mais de 30 finalizações no total. Se o 0 a 0 no Moises Lucarelli consagrou Marcelo Lomba e Alisson, pouco ajudou nas pesadas ressacas das equipes.

Ponte Preta e Inter mantêm suas posições intermediárias na tabela. Os gaúchos estão em 10º, com 20 pontos, um à frente dos paulistas, em 11º. As equipes voltam a campo somente no domingo, às 16h. A Macaca visita o Figueirense, enquanto o Colorado recebe a Chapecoense.

Juninho e Sasha, Ponte Preta x Internacional (Foto: Getty Images)Juninho e Sasha em disputa no Moisés Lucarelli (Foto: Getty Images)
Debilidade das defesas ou mérito dos ataques? Dilema à parte, a partida começou a toda velocidade. Lisandro López acertou bola na trave, Nilmar e Anderson transformaram Marcelo Lomba em milagreiro, enquanto Borges, Biro e Biro e cia. incomodavam a vida de Alisson. Isso tudo com menos de metade de primeiro tempo.

A partir daí, a Ponte tomou as rédeas da partida. Com saída qualificada de seus volantes, o time da casa empurrou os visitantes, e os espaços começaram a aparecer. As falhas também. Numa das falhas da defesa, Alan Costa derrubou Borges, mas a arbitragem não entendeu como penalidade. Se não fosse Alisson, o placar seria bem diferente do 0 a 0.

Prova de que o Inter vivia apuros foi a troca no intervalo, com a entrada do marcador Nico Freitas na vaga do meia Alex. Pouco adiantou. A Ponte seguiu melhor e obrigando Alisson a se virar. O Colorado respondeu em chance isolada de Lisandro, que raspou o poste. Depois, o time de Aguirre descobriu um caminho fértil, o contragolpe. Aos 22, Valdívia, que mal havia entrado, só não marcou porque em sua frente havia Lomba. O jogo dos goleiros só poderia terminar, assim, num eloquente 0 a 0.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.