Brasileirão Série B

Paysandu pressiona, mas Mogi Mirim segura empate no Olímpico do Pará

7/31/2015 11:36:00 PMReginaldo Júnior

Resultado deixa os bicolores na sexta colocação, enquanto os paulistas permanecem na penúltima posição desta Série B. Papão joga na sexta-feira e o Sapo no sábado




Divulgação/Paysandu
Time paraense perdeu a chance de volta ao G-4
Time paraense perdeu a chance de volta ao G-4

Depois de um primeiro tempo equilibrado, com um gol para cada lado, o que se viu na etapa complementar foi domínio absoluto do Paysandu, que não conseguiu vencer a defesa do Mogi Mirim e acabou empatando em 1 a 1 nesta sexta-feira, dia 31. Os gols da partida, que aconteceu no Estádio Olímpico do Pará, foram assinalados por Fahel e Franco.

O resultado deixa os donos da casa fora do G4, na sexta colocação, enquanto os paulistas permanecem na penúltima posição desta Série B. O Papão volta a campo na próxima sexta, dia 7, para enfrentar o Luverdense, fora de casa. O Mogi, por outro lado, receberá o ABC, no sábado, no Romildo Ferreira.  

Jogo equilibrado no primeiro tempo  

Dado Cavalcanti manteve a mesma formação do último triunfo com três atacantes e, talvez por isso, foi o Paysandu que começou ditando o ritmo da partida, explorando o meio-campo com Carlos Alberto e as jogadas pelos lados com João Lucas e Yago Pikachu. Já o Mogi Mirim não se intimidou e também trabalhava os lances em profundidade, principalmente com Rivaldinho se movimentando bastante e descendo até a linha de fundo.  

Com 15 minutos de jogo, um gol para cada lado. Primeiro os donos da casa abriram o marcador com Fahel. Pouco tempo depois, Franco empatou e a partida perdeu em qualidade, desacelerou. O Sapo buscava os contra-ataques e o Paysandu tinha dificuldade de penetrar na defesa adversária, o que só conseguiu fazer quando voltou a trabalhar as laterais. Na reta final do primeiro tempo, o Mogi foi quem pressionou e teve chance de passar a frente.  

Mogi segura o empate   
O Papão retornou para a etapa complementar com a mesma equipe, mas apresentou uma postura diferente, trocando passes no meio, articulando a bola e até arriscando arremates de longa distância. Enquanto isso, os visitantes pareciam satisfeitos com o empate e davam sinais claros de que tentariam jogar no erro dos paraenses.  
Dado Cavalcanti fez nova investida para tentar a vitória quando promoveu as entradas de Valdívia, estreante, e Aylon. As substituições até que surtiram algum efeito, principalmente por conta da movimentação do atacante, que teve pelo menos cinco oportunidades de balançar as redes. Mas o jogo acabou mesmo empatado em 1 a 1.

FICHA TÉCNICA
PAYSANDU 1 X 1 MOGI MIRIM

Local: Estádio do Mangueirão, em Belém (PA)
Data: 31 de julho de 2015, sexta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Ubiratan Bruno Viana (RN)

Cartões amarelos: Ricardo Capanema e Fahel (Paysandu); Geovane, Rivaldinho e Renato Camilo (Mogi Mirim)
Cartão vermelho: Fábio Sanches (Mogi Mirim)

GOLS:
PAYSANDU
: Fahel, aos oito minutos do primeiro tempo
MOGI MIRIM: Franco, aos 13 minutos do primeiro tempo

PAYSANDU: Emerson; Yago Pikachu, Fernando Lombardi, Thiago Martins e João Lucas; Fahel, Ricardo Capanema e Carlos Alberto (Valdívia); Welinton Júnior, Misael (Aylon) e Leandro Cearense (Edinho)
Técnico: Dado Cavalcanti

MOGI MIRIM: Daniel; Edson Ratinho, Fábio Sanches, Renato Camilo e Luan (Léo Bartholo); Magal, Hygor e Franco; Serginho, Geovane (Elvis) e Rivaldinho (Matheus Ortigoza)
Técnico: Sérgio Guedes

Fonte: Globo Esporte e ESPN


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.