Brasileirão Série B

Na volta de Rivaldo, Serginho rouba a cena e Mogi vira diante do Náutico

7/08/2015 12:33:00 AMReginaldo Júnior

Timbu sai na frente do placar, mas atacante marca duas vezes para dar a primeira vitória do Sapão na Série B. Derrota tira o Alvirrubro pernambucano do G-4 do torneio




Passaram-se exatos 101 dias para o Mogi Mirim voltar a vencer. No Estádio Romildo Pereira, o Sapão triunfou pela primeira vez na Série B ao vencer o Náutico por 2 a 1, de virada. Apesar da partida marcar a "reestreia" do capitão, camisa 10 e presidente Rivaldo, o herói do jogo foi Serginho, que saiu do banco e marcou os dois sobre os pernambucanos. Douglas fez para o Timbu. O resultado fez os paulistas saírem da lanterna para assumirem a 19ª posição, com seis pontos. Enquanto isso, os  alvirrubros saíram do G-4 e estão na quinta colocação, com 21 pontos.

Na próxima sexta-feira, o Mogi Mirim volta a entrar em campo. O Sapão vai até o Serra Dourada, onde enfrenta o Atlético-GO às 19h30. Um dia depois, às 16h30, o Náutico terá a dureza de um clássico contra o Santa Cruz pela frente, na Arena Pernambuco.
Os primeiros minutos mostraram um futebol longe de encher os olhos de quem assistia. Mogi Mirim e Náutico começaram o primeiro tempo errando fundamentos básicos. Rivaldo tentava, sem sucesso, ser o diferencial. Fez um ou outro bom passe, mas na primeira chance que teve - aos 20 minutos - tentou se posicionar bem e tocou de primeira. A bola foi para fora. Enquanto o capitão se esforçava para ser o ponto fora da curva, o Timbu fez o que o camisa 10 não conseguiu: ser efetivo. Na primeira chance de ataque, aos 31 minutos, Douglas bateu cruzado e abriu o placar. O restante da etapa foi o retrato de Rivaldo: se arrastou com pouca inspiração.

De maneira surpreendente, Rivaldo voltou para o segundo tempo. Queria, a todo custo, driblar os 15 meses que ficou parado. A estratégia quase deu certo aos 19 minutos, quando o veterano sofreu uma falta na entrada da área. Mas apesar da bela cobrança, o goleiro Julio Cesar defendeu. Foi o último suspiro do camisa 10. E quando ele saiu, o jogo mudou.  Três minutos depois que sentou no banco de reservas, Rivaldo viu Serginho empatar aos 25 minutos. E a noite era mesmo do atacante que saiu do banco.  Após uma bela jogada aos 43 minutos ele virou o jogo e decretou a primeira vitória do Mogi na Série B.

Rivaldo Mogi Mirim x Náutico (Foto: ESTADÃO CONTEÚDO)Rivaldo volta, joga até os 20 do 2º tempo e vê virada do Mogi Mirim diante do Náutico (Foto: ESTADÃO CONTEÚDO)

 Fonte: Globo Esporte




You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.