Brasileirão Série A

Fred marca aos 48, Flu vence Furacão na Arena e segue na cola do Galo

7/12/2015 06:15:00 PMReginaldo Júnior

Atacante tricolor brilha e também dá assistência para o gol de Gustavo Scarpa. Walter sai machucado, mas é responsável pelo cruzamento no tento do Atlético-PR




Fred continua dando as cartas. Com um gol de cabeça aos 48 minutos do segundo tempo, o atacante levou o Fluminense ao triunfo por 2 a 1 diante do Atlético-PR, na tarde deste domingo, na Arena da Baixada, mantendo o Tricolor na vice-liderança do Brasileirão. Antes, o centroavante já havia dado passe perfeito para o gol de Gustavo Scarpa. Walter, que enfrentou pela primeira vez seu ex-time, foi o autor da assistência para o gol do Furacão, feito por Sidcley, mas saiu machucado na metade do segundo tempo.

Fred Atlético-PR Fluminense Arena da Baixada (Foto: Giuliano Gomes/ Agência PRPRESS)Fred mais uma vez foi decisivo e chegou ao seu quinto gol no Brasileiro (Foto: Giuliano Gomes/ Agência PRPRESS)

O Fluminense chegou aos 27 pontos, a dois do Atlético-MG, que lidera. O Furacão, fica mais afastado do G-4, com 19 pontos, em oitavo. Os dois times voltam a jogar no domingo. O Atlético-PR recebe na Arena da Baixada a Chapecoense, às 11h. O Fluminense faz o clássico diante do Vasco no Maracanã, às 16h, em duelo no qual apresentará para a torcida Ronaldinho Gaúcho.

O Fluminense adotou uma postura bastante defensiva no primeiro tempo, embora sua escalação inicial apontasse um time ofensivo. O Atlético-PR, embora superior e com 59% da posse de bola na etapa, encontrou dificuldades para penetrar na área tricolor. Perdeu, ainda, aos 24min Marcos Guilherme, machucado, após entrada de Edson. Só ameaçou em chutes de longe, defendidos por Cavalieri. Apenas Fred, aos 35, levou perigo pelo Flu, mas Weverton espalmou o chute.

Na segunda etapa, o panorama mudou. Fred desta vez não arriscou, mas serviu com precisão Gustavo Scarpa para marcar aos 6, pouco depois de Marcos Junior perder na pequena área. O Tricolor, no contra-ataque, levava perigo. Coube, então, a Water equilibrar o confronto. Com precisão, cruzou na cabeça de Sidcley, que empatou na pequena área aos 24. Pena para o torcedor rubro-negro que Walter pediu para sair logo depois, com dores na coxa. Os donos da casa bem que pressionaram, mas esbarraram em Diego Cavalieri. Nos acréscimos, Renato cruzou com perfeição e Fred marcou em cabeçada com violência.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.