Brasileirão Série A

Cirino desencanta, e Flamengo faz do Goiás sua nova vítima fora de casa

7/26/2015 06:04:00 PMReginaldo Júnior

Com César inspirado e Guerrero de garçom, Rubro-Negro chega à quarta vitória consecutiva longe do Rio de Janeiro. Esmeraldino perde mais uma e entra no Z-4




Quatro vitórias nos últimos quatro jogos fora de casa. O Flamengo se transformou num visitante indigesto. Após superar Joinville e Internacional, pelo Campeonato Brasileiro, e Náutico, pela Copa do Brasil, a vítima da vez foi o Goiás, na tarde deste domingo, num Serra Dourada rubro-negro na arquibancada. O placar de 1 a 0 foi construído por Marcelo Cirino, substituto do suspenso Emerson Sheik que desencantou na competição e fez as pazes com a rede depois de três meses. Guerrero pela primeira vez passou em branco pelo time, mas foi fundamental ao ser o garçom do jogo. O Esmeraldino, que parou em César e na trave, acumulou sua terceira derrota em três jogos sob comando do técnico Julinho Camargo e entrou na zona de rebaixamento.
Com o triunfo, o Flamengo deu um salto na tabela: subiu para 11º lugar com 19 pontos. Enquanto o Goiás segue estacionado nos 13 pontos e agora foi ultrapassado pelo Santos, caindo para 17º lugar, abrindo o Z-4. As duas equipes agora terão a semana livre para treinar e voltam a campo só no próximo domingo, novamente pelo Brasileirão. O Esmeraldino visitará o Coritiba às 11h (de Brasília), no Couto Pereira, enquanto o Rubro-Negro receberá o Santos, às 16h, no Maracanã.

Guerrero Goiás x Flamengo (Foto: ANDRÉ COSTA/ESTADÃO CONTEÚDO)Bem marcado, Guerrero passou em branco pela primeira vez, mas deu assistência (Foto: ANDRÉ COSTA/AG.ESTADO)
Mais à vontade jogando fora de casa do que no Rio, o Flamengo foi quem imprimiu o ritmo de jogos nos primeiros minutos, chegando a ter 67% da posse de bola. Mas era um falso domínio, aquele que cerca, cerca e não consegue levar perigo. O Goiás, armado para o contra-ataque, era quem assustava aproveitando o desentrosamento e nervosismo da dupla de zaga adversária, formada por Marcelo e o estreante César Martins. Bruno Henrique, Felipe Menezes e Murilo tiveram chances na cara do gol, mas pararam no inspirado César. O Rubro-Negro só melhorou no segundo tempo, quando desmanchou o esquema com três volantes e colocou Alan Patrick no lugar de Canteros. O meia iniciou a jogada, Guerrero fez o papel de garçom, e Marcelo Cirino, frente a frente com Renan, fez as pazes com a rede. No abafa final dos anfitriões, Liniker conseguiu passar pelo goleiro, mas carimbou a trave na última tentativa.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.