Brasileirão Série A

Cruzeiro mostra bom volume, vence o Goiás e deixa adversário colado no Z-4

7/12/2015 06:12:00 PMReginaldo Júnior

Com gol do camaronês Joel, no final da primeira etapa, time celeste consegue os três pontos e sobe na tabela; Esmeraldino amarga derrota na estreia de Julinho Camargo




O Cruzeiro fez a torcida sofrer mais do que o necessário na tarde deste domingo, no Mineirão, na vitória por 1 a 0 sobre o Goiás. O volume de jogo criado pelo time mineiro foi amplamente superior ao da equipe esmeraldina, mas a superioridade não foi traduzida em mais gols, o que fez com que a partida fosse emocionante até os minutos finais. Os goianos se limitaram a marcar, arriscando muito pouco, mesmo atrás no placar, durante a maior parte do jogo.

Léo, zagueiro, e Ceará, lateral, do Cruzeiro (Foto: Gil Leonardi/Light Press)Cruzeiro e Goiás fizeram um jogo bastante disputado (Foto: Gil Leonardi/Light Press)

O gol da vitória cruzeirense foi marcado pelo atacante camaronês Joel, no primeiro tempo, fez o Cruzeiro subir uma posição e o Goiás cair uma na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. A Raposa agora é a 11ª colocada, com 16 pontos, enquanto o Esmeraldino é o 15º, com 13 pontos. O público pagante foi de 10.675 pessoas, com 11.812 presentes e renda de R$ 362.200,65.

Na próxima rodada, a 14ª do Brasileirão, o Cruzeiro recebe o Avaí, domingo, às 18h30 (de Brasília), no Mineirão. O Goiás joga fora de casa novamente, sábado, às 18h30, contra o Internacional, no Beira-Rio.

Água mole em pedra dura
O começo do jogo foi equilibrado, com os dois times se estudando muito e postados em campo de forma burocrática, sem correr grandes riscos. A bola ficou concentrada entre as duas intermediárias e a partida era muito chata até então. Isso até os 20 minutos, quando o Cruzeiro acordou e resolver jogar. A partir daí, foi pressão do total da Raposa, que terminou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0, mas poderia ter feito muito mais.

O gol cruzeirense, entretanto, demorou a sair. Antes de balançar as redes, o time já havia perdido boas chances, com o zagueiro Léo e os meias Marcos Vinícius e Arrascaeta. Até que, aos 37 minutos, o torcedor azul finalmente pode comemorar. Ceará fez lindo cruzamento, na cabeça Joel. O camaronês subiu muito e testou firme, sem chances para Renan. Depois do gol, o Cruzeiro ainda teve mais oportunidades, uma delas clara, novamente com Arrascaeta.
No segundo tempo, o panorama do jogo pouco se alterou. Mesmo perdendo, o Goiás permaneceu fechadinho, com os 11 jogadores atrás da linha da bola, apostando nos contra-ataques. O Cruzeiro seguiu sendo senhor do jogo, com maior posse de bola e mais chances de ampliar. A questão é que o segundo gol cruzeirense não saía, o tempo passava e o jogo ia ganhando em dramaticidade. A torcida cruzeirense só não sofreu mais porque o Goiás, em momento nenhum, se lançou para o ataque.

A vitória permite ao Cruzeiro respirar aliviado, um pouco mais longe da zona de degola e mirando o G4. O Goiás fica com o alerta aceso e a mesma pontuação do Avaí, primeiro time do Z4.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.