Brasileirão Série B

Na bola parada, Criciúma bate o Bahia e mantém invencibilidade de Petkovic

7/18/2015 07:24:00 PMReginaldo Júnior

Em jogo muito movimentado e com gols polêmicos para os dois lados, catarinenses vencem em casa e somam três pontos na classificação; baianos seguem no G-4




O Criciúma fez prevalecer o mando de campo, impôs o seu ritmo e bateu o Bahia na tarde deste sábado por 2 a 1. No estádio Heriberto Hülse, diante de 5.108 torcedores, Rodrigo Andrade e Adalberto definiram o duelo em favor do time da casa, com um gol em cada tempo, e o Tigre manteve a invencibilidade sob o comando de Petkovic na Série B. Agora, são seis partidas sem derrotas do sérvio na competição nacional. Tiago Real descontou para os baianos.
O triunfo no Sul de Santa Catarina deixa o Criciúma um pouco mais aliviado no Campeonato Brasileiro. O time catarinense soma agora 18 pontos e pula para a 10ª colocação. O Bahia, por sua vez, mantém os 24 pontos e segue perto com a liderança - a equipe é a quarta na tabela.

Na próxima rodada, a 14ª da disputa, os dois clubes duelam em casa. O Criciúma, de Pet, recebe o Santa Cruz no sábado, dia 25 de julho, às 16h30, no estádio Heriberto Hülse. No mesmo horário, o Bahia, dirigido por Sérgio Soares, duela com o Botafogo, na Fonte Nova.

Gol Criciúma x Bahia (Foto: Fernando Ribeiro/www.criciumaec.com.br)Criciúma bateu o Bahia por 2 a 1 (Foto: Fernando Ribeiro/www.criciumaec.com.br)

O jogo

Embalados pelos últimos resultados na Série B do Campeonato Brasileiro, Criciúma e Bahia entraram em campo animados e mirando a vitória para subir na tabela de classificação. A meta dos visitantes era chegar à ponta e desbancar Botafogo, América-MG e Vitória, enquanto os catarinenses buscavam o triunfo para ficar mais perto do pelotão do G-4. O Bahia começou um pouco melhor, tentando impor seu ritmo de jogo, mas logo o Tigre se acertou e começou a incomodar. Rodrigo Andrade abriu o placar, em cobrança de pênalti, aos 13 minutos. O lance foi polêmico e cheio de reclamações por parte dos baianos.

Atrás no marcador, foi a vez do Bahia atacar. Maxi Biancucchi e Tiago Real assustaram a defesa do Tigre e o goleiro Edson, substituto de Luiz neste sábado, suspenso, mas não tiveram sucesso na finalização. Até o apito final do árbitro na primeira etapa, o Criciúma ainda voltou a incomodar explorando a velocidade dos lados do campo, mas o placar não foi alterado.

O Bahia voltou do intervalo com a meta de empatar, e o objetivo foi alcançado aos seis minutos. Tiago Real, depois de perder duas chances na primeira etapa, mandou para a rede. Antes da bola entrar, ela bateu na mão de um atleta do time visitante, o que gerou reclamação dos tricolores de Santa Catarina. Porém, a comemoração pelo ponto conquistado não durou muito. Novamente em jogada de bola parada, Adalberto colocou o Criciúma em vantagem. Lucca cobrou escanteio, e o zagueiro pulou alto na área do adversário. O placar se manteve até o fim.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.