Brasileirão Série B

Lucca marca, Luiz garante e Criciúma bate Bragantino para se afastar do Z-4

7/08/2015 12:35:00 AMReginaldo Júnior

Goleiro do Tigre defende também repetição de cobrança de Alan Mineiro, e assegura triunfo sobre o Braga, que segue com os 13 pontos e aumenta a série sem vitórias




Com Luiz inspirado e um ataque eficiente, o Criciúma aumentou a invencibilidade de Petkovic à frente do time catarinense na noite desta terça-feira. Diante do Bragantino, que é comandado por Osmar Loss, o Carvoeiro venceu por 1 a 0, com gol anotado por Lucca ainda no primeiro tempo, ultrapassou o adversário na tabela da Série B do Campeonato Brasileiro e se afastou da zona de rebaixamento. O Massa Bruta, por sua vez, mantém o jejum de vitórias na competição.
O resultado positivo conquistado no Heriberto Hülse é o quarto consecutivo do treinador sérvio no comando do Criciúma. Até o momento, são duas vitórias, dois empates e um salto de três posições na classificação - o Tigre é o 12ª colocado. Enquanto isso, o Bragantino permanece com os 13 pontos e caiu para o 13º lugar.

As duas equipes voltam a campo na próxima sexta-feira, dia 10 de julho, na 12ª rodada da Segundona. O Criciúma joga longe de Santa Catarina e enfrenta o Ceará, às 19h30, no Castelão. Um pouco mais tarde, às 21h50, o Massa Bruta recebe o Botafogo no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

Lucca gol Criciúma (Foto: Fernando Ribeiro/www.criciumaec.com.br)Lucca comemora o gol contra o Bragantino (Foto: Fernando Ribeiro/www.criciumaec.com.br)

O jogo

Vencer e somar três pontos para subir na tabela de classificação. Esse era o objetivo de Criciúma e Bragantino. O domínio na primeira etapa foi dos donos da casa. Dejan Petkovic manteve o esquema ofensivo com Lucca, Paulo Sérgio e Neto Baiano, e o trio assustou em muitas oportunidades a defesa do Massa Bruta. Aos 27, depois de desperdiçar chances e errar muitos passes, Lucca conseguiu balançar a rede do time paulista. No cruzamento de Paulo Sérgio, Neto Baiano furou a bola, que sobrou para o camisa 11 abrir o placar e homenagear o primeiro filho.

O Bragantino chegou com perigo em duas oportunidades. Depois de espalmar um chute forte de fora da área de Rodolfo, aos 21 minutos, Luiz operou um milagre à frente da meta do Tricolor. Em mais uma dobradinha entre Moisés e o atacante, o arqueiro teve que se esticar todo para defender. Ao espalmar a bola, Rodolfo aproveitou o rebote e chutou de novo, mas Luiz, atento, fechou o gol.

Paulo Sérgio Criciúma atacante (Foto: Fernando Ribeiro/www.criciumaec.com.br)Criciúma e Bragantino se enfrentaram no estádio Heriberto Hülse (Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma EC)

As duas equipes voltaram do intervalo com o mesmo pensamento: o Criciúma queria marcar e definir o resultado, e o Bragantino chegar ao empate e tentar virar para encerrar o jejum de duas partidas sem triunfos. Os paulistas começaram a trilhar o caminho, mas esbarraram na noite inspirada de Luiz. O goleiro defendeu dois pênaltis - o árbitro mandou repetir a cobrança - e manteve a vantagem conquistada ainda no primeiro tempo pelos tricolores.

Após a boa defesa, coube ao Criciúma administrar o resultado, o quarto consecutivo e positivo na competição nacional. Osmar Loss mexeu, reforçou o ataque, mas não conseguiu que o time chegasse ao empate. O goleiro do Bragantino, Douglas Friedrich, não pegou dois pênaltis, mas também foi importante em muitos lances de perigo.

Fonte: Globo Esporte 


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.