Brasileirão Série B

Paraná "acorda" na etapa final, vence e mantém Mogi na lanterna da Série B

6/19/2015 09:41:00 PMReginaldo Júnior

Nedo Xavier muda Tricolor no intervalo, time marca três gols e alcança a segunda vitória consecutiva. Sapo, ainda sem vencer na competição, segue em situação ruim




O Paraná precisou se assustar com o lanterna da Série B do Brasileiro no primeiro tempo para "acordar" na etapa final e comprovar sua arrancada na competição nacional. Nesta sexta-feira, à noite, o time de Nedo Xavier venceu, por 3 a 1, o Mogi Mirim, de virada, com o apoio de pouco mais de mil torcedores na Vila Capanema pela oitava rodada. O gramado, que ao longo da semana foi contestado, não impediu a segunda vitória consecutiva dos paranaenses, que na rodada passada tinham passado pelo Luverdense (1 a 0). Enquanto isso, o Sapo permanece sem vencer e em situação delicada.

Paraná Mogi Mirim (Foto: Giuliano Gomes/ Agência PRPRESS)Com boa atuação no segundo tempo, Paraná vira o placar contra o Mogi Mirim (Foto: Giuliano Gomes/ Agência PRPRESS)
O terceiro triunfo do Paraná em oito jogos deixa o time com 10 pontos e na 11ª colocação no meio da rodada, que será completada no sábado com outros cinco jogos. O Tricolor volta a campo na sexta-feira, às 21h, quando visita o Atlético-GO, no Serra Dourada. Na lanterna isolada da Série B com apenas três pontos aparece o Mogi Mirim. O time de Ailton Silva acumula cinco derrotas e três empates e caminha a passos largos para retornar à Série C depois de ter subido no ano passado. O Sapo tenta encerrar a má fase no sábado, dia 27, às 16h30, contra o CRB, em casa, no Romildo Ferreira.

O jogo

Apesar da noite gelada em Curitiba, o meia Gustavo tratou de "esquentar" o Mogi Mirim. Genro de Rivaldo (o camisa 10 namora a filha do presidente do clube), o meia chamou para si a responsabilidade de comandar o Sapo na busca da primeira vitória na Série B, marcou, armou e, ao lado de Edson Ratinho, criou as melhores chances. Antes dos 10 minutos, ele chutou com perigou e mandou por cima da meta do Paraná. Antes, porém, o time da casa tinha criado com Marcos Paraná, que, de longe, isolou por cima da meta paulista. Antes do intervalo, o time visitante abriu o placar após Gustavo bater no canto esquerdo de Wendell. A vantagem poderia ser maior se o goleiro dos mandantes não parasse Ratinho em dois arremates.

Descontente com o time no primeiro tempo, Nedo Xavier tirou Marcos Paraná para apostar em Lucas Pará e o Tricolor se acertou, marcou duas vezes, e virou o placar diante da torcida. Na primeira chance de empate, Fernando Viana parou na defesa de Daniel, mas após alguns minutos o volante Washington chutou de longe para deixar tudo igual na Vila Capanema. O Mogi se fechou e resolveu tentar nos contra-ataques, mas sem sucesso. Com os paulistas na retranca, o Paraná fez o segundo gol com Paulo Henrique, que aproveitou a sobra da zaga para bater rasteiro e contar com a falha do camisa 1 do Sapo. O time da casa ainda teve tempo para marcar mais um gol. Lucas Pará ficou de frente para Daniel, passou pelo arqueiro e empurrou para as redes.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.