Brasileirão Série A

Palmeiras pressiona, abre o placar, mas cede empate ao Inter em casa

6/04/2015 11:06:00 PMReginaldo Júnior

Em arena lotada, time de Oswaldo de Oliveira fica no 1 a 1 com o Colorado depois de criar chances e marcar com Vitor Hugo. Rafael Moura, com estrela, deixa sua marca




O volume de jogo e a eficiência terminaram empatados na noite desta quinta-feira. Mesmo com mais chances de gol, o Palmeiras cedeu o empate ao Internacional e ficou no 1 a 1 em sua arena, gols de Vitor Hugo e Rafael Moura. O Verdão continua sem vencer em seu novo estádio no Campeonato Brasileiro: são cinco jogos de jejum, desde o ano passado.
O Inter, por sua vez, mantém série invicta diante do rival – os gaúchos não perdem para o Palmeiras desde 2010. Nos seis jogos anteriores, eram seis vitórias do Colorado. O empate, porém, deixa as equipes na parte de baixo da tabela, ambas com seis pontos somados: Verdão em 12º, Inter em 13º.
Os dois times voltam a campo no próximo domingo. O Inter recebe o Coritiba no Beira-Rio, às 11h (horário de Brasília), enquanto o Palmeiras viaja a Florianópolis para enfrentar o Figueirense, às 19h30.

Alex e Gabriel Palmeiras x Internacional (Foto: Marcos Ribolli)Alex e Gabriel disputam bola: jogo foi agradável de se ver na arena do Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)

O jogo

O Palmeiras queria jogo antes mesmo de ele começar, quando Paulão, do Inter, teve de trocar uma proteção em sua meia e retardou o início da partida. Alex não deu a saída de bola, esperando o colega, e acabou levando cartão amarelo do árbitro Rodolpho Toski Marques.

Assim que o meia do Colorado tocou na bola, o Palmeiras adiantou sua marcação e pressionou a saída de bola do rival. Foi a tônica do primeiro tempo, com o time da casa propondo jogo, fazendo seus atacantes se movimentarem. A melhor chance, porém, foi do volante Gabriel. Após erro de Paulão, ele encobriu Alisson, e Juan salvou em cima da linha.

O Palmeiras venceu por 7 a 1 em finalizações e teve 60% de posse de bola. Faltou o passe decisivo, na área, para abrir o placar. O Inter, pautado nos contra-ataques, dependeu demais de Valdívia. Ele apareceu menos do que poderia na etapa inicial.

Mais cadenciados, Verdão e Colorado se equilibraram no início do segundo tempo. O Palmeiras ainda tinha certo controle do jogo, mas precisou da bola parada para confirmar sua superioridade. Aos 19, Zé Roberto cobrou escanteio na cabeça de Vitor Hugo, zagueiro e artilheiro. Ele abriu o placar com seu quinto gol em 24 jogos pelo clube.

Diego Aguirre reagiu. Colocou Rafael Moura e Vitinho nos lugares de Nilton e Artur. No primeiro lance com os dois em campo, um gol “achado”, com colaboração de Fernando Prass, garantiu o empate. Rafael Moura demorou a acreditar que tinha feito seu gol. Suficiente para dar números finais a um ótimo jogo na arena do Palmeiras.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.