Brasileirão Série B

Em jogo ruim, Oeste aproveita vacilos da defesa do Ceará e vence por 2 a 0

6/26/2015 11:01:00 PMReginaldo Júnior

Resultado faz com time paulista respire na tabela e complica ainda mais a vida do Alvinegro, que pode ir para a lanterna da Série B do Brasileiro neste fim de semana




Rafael Martins, Oeste, Ceará, queda  (Foto: Reprodução / Premiere FC) 
Oeste reverteu o mau momento no jogo e venceu Ceará em Osasco (Foto: Reprodução/Premiere FC)

Pouco público. Futebol mal jogado. E times brigando para subir na tabela. Cenário suficiente para um jogo de baixo índice técnico e que poderia terminar sem gols. A primeira tarde se confirmou, mas o Oeste acabou tendo mais sorte e encontrou dois gols, suficientes para definir a partida a seu favor, no Estádio José Liberatti, na noite desta sexta-feira (26). Aproveitando falhas da defesa alvinegra, o time paulista venceu o Ceará, por 2 a 0, gols de Daniel Gigante e Rodriguinho.

O resultado coloca o Oeste, provisoriamente, em 13º lugar, com 10 pontos ganhos, e afunda ainda mais o Ceará, que permanece na vice-lanterna, com a metade dos pontos do adversário: cinco. E com um agravante, se o Mogi Mirim passar pelo CRB, em casa, neste sábado (27), o Vovô herda a última colocação na Série B do Campeonato Brasileiro.

Na próxima rodada, o Oeste encara o Náutico, na Arena Pernambuco, às 16h30min do sábado, quatro de julho. Já o Ceará joga mais cedo, na terça-feira (30), às 22h30min, contra o Luverdense, no Estádio Passo das Emas.
Quase um sonífero

Os poucos torcedores que compareceram ao Estádio José Liberatti viram uma partida pouco empolgante para uma noite de sexta-feira. Disputando audiência com Argentina x Colômbia, pela Copa América, que passava pela TV, os jogadores logo provaram que quem compareceu às arquibancadas, em Osasco, deveria ter ficado em casa. Com um pouco mais de posse de bola, o Ceará não conseguia furar a barreira dos donos da casa, que contra-atacavam com mais eficiência, mas pecavam nas finalizações. De destaque mesmo, a cobrança de falta de Ricardinho, que obrigou Leandro Santos a se esticar para defender. Além desse lance, a falta de sorte de Rafael Martins, que tentou voleio e se machucou.

Lampejos decisivos

O panorama do segundo tempo não mudou muito, mas reservou um pouco mais de tentativas de gol. O Vovô tentou duas vezes, com Ricardinho e Fernandinho. Em ambas, insucesso. Mas, a partir dos 25 minutos, a partida deu uma virada para o Oeste. Primeiro com um chute que parou na dividida do goleiro Luís Carlos, que não foi feliz no lance seguinte. Em cobrança de escanteio, Daniel Gigante aproveitou desvio e mandou para as redes. Sete minutos depois, foi a vez do garoto Buiú falhar no ataque e armar contra-ataque para Junior Negão. Ele avançou, lançou Rodriguinho, após escorregão do zagueiro Charles, e viu seu companheiro mandar chutaço que contou com falha de Luís Carlos.
Depois, o jogo voltou ao seu futebol de sempre, sem técnica e emoção. Mas o resultado já havia sido construído para o time que menos tinha mal.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.