Brasileirão Série A

Em jogo eletrizante, Grêmio vence o Atlético-PR, que deixa a liderança

6/14/2015 06:04:00 PMReginaldo Júnior

Tricolor sai na frente com Giuliano e Furacão empata com Hernani, mas donos da casa vencem com gol de Rhodolfo. Paranaenses perdem o topo para o São Paulo




O Grêmio venceu o Atlético-PR por 2 a 1, na tarde deste domingo, em casa, e se recuperou do revés para o São Paulo, na última rodada. A derrota tirou o Furacão da liderança do Campeonato Brasileiro e encerrou uma sequência de quatro vitórias no Campeonato Brasileiro. Com isso, o topo agora é do Tricolor paulista, que venceu a Chapecoense no sábado por 1 a 0. A partida contou com o público pagante de 17.781 torcedores, para uma renda de R$ 543.642,00.

Quem saiu de casa mesmo com o tempo fechado e o frio em Porto Alegre viu Grêmio e Atlético-PR duelarem em uma primeira etapa de bastante intensidade, com chances claras para os dois lados. Após um começo turbulento, o Tricolor dominou a partida a partir dos 15 minutos e empilhou jogadas de ataque, sempre pela direita. Por ali, marcou com Giuliano após boa jogada de Douglas. No segundo, o Furacão reagiu com gol do volante Hernani, de falta, deixando tudo igual, mas acabou vacilando na marcação e cedeu o resultado, com gol marcado por Rhodolfo, que já vestiu a camisa atleticana.

Com o resultado, o Tricolor foi a nove pontos na tabela, agora na 12ª colocação, enquanto o Atlético-PR fica em segundo, com 16. Na próxima rodada, o Grêmio recebe o Palmeiras, às 21h (horário de Brasília) de sábado, em casa, enquanto o Atlético-PR tem o clássico com o Coritiba, às 16h de domingo, na Arena da Baixada.

Grêmio x Atlético-PR na Arena (Foto: Diego Guichard)Grêmio derrota o Atlético-PR por 2 a 1 na Arena (Foto: Diego Guichard)

Lá e cá: equipes levam perigo, e Grêmio sai na frente

Aberto, o jogo começou com muita intensidade em Porto Alegre, com as equipes se estudando e apostando no toque de bola. Com Walter atuando mais isolado no ataque, a equipe atleticana conseguia evitar a pressão inicial gremista e escapava bem da marcação sob pressão pretendida pelo técnico Roger. O Furacão levou perigo por duas vezes até os donos da casa assustarem com Luan, que desperdiçou boa chance. A resposta do Atlético-PR veio à altura, após Nikão puxar contra-ataque fulminante pela esquerda, mas Galhardo se antecipou e mandou a bola pela linha de fundo.

O Grêmio não desistiu, aproveitou o recuo dos rubro-negros e continuou na pressão, principalmente pelo lado direito. O prêmio veio aos 32 minutos, quando Eduardo invadiu a área e rolou com precisão para Giuliano, de primeira, abrir o placar para os gaúchos, garantindo a vitória parcial.

Furacão empata com Hernani, mas Tricolor garante a vitória

Enquanto o Grêmio trocou Giuliano por Yuri Mamute, o Atlético-PR voltou sem mudanças para o segundo tempo, e levou sustos nos primeiros minutos com chances perdidas por Pedro Rocha e Luan. Mesmo com as investidas do Tricolor, quem balançou as redes foi o Furacão. Aos seis, Hernani cobrou falta com categoria, colocado, por cima da barreira, e deixou tudo igual no marcador.

A partida seguiu movimentada, com boas chances para cada lado e os goleiros fazendo defesas espetaculares. Tiago, por exemplo, salvou o chute de voleio de Felipe, acendendo o alerta para o Grêmio. Persistente, a equipe tricolor chegou ao segundo aos 25, quando Galhardo levantou na área, a zaga do Atlético-PR desvia para trás, e Rhodolfo aproveitou para mandar de cabeça e desempatar o jogo, para a festa dos torcedores na Arena do Grêmio.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.