Brasileirão Série B

Rivaldo não entra em campo, e CRB bate o lanterna Mogi fora de casa

6/27/2015 07:23:00 PMReginaldo Júnior

Gol contra do zagueiro Renato Camilo define a vitória regatiana no interior paulista




CRB x Mogi, em Mogi (Foto: Júnior de Melo/Divulgação CRB)CRB, do zagueiro Audálio, vence por 1 a 0 em Mogi (Foto: Júnior de Melo/Divulgação CRB)

Do banco, Rivaldo assistiu a mais uma derrota do Mogi Mirim na Série B. Foi a sexta. O astro e presidente do clube confirmou o retorno ao futebol, foi relacionado para a partida deste sábado, no Estádio Romildo Ferreira, mas não entrou em campo. Melhor para o CRB, que tomou partido da crise do adversário e conquistou sua primeira vitória fora de casa nesta Segundona. A fase do Mogi é tão ruim que o único gol da partida foi marcado contra, no segundo tempo, pelo zagueiro Renato Camilo.
Com 13 pontos, o Galo assumiu a 10ª colocação e ficou bem longe do Z-4. O time alagoano ainda terminou o jogo com um homem a menos, já que o lateral-esquerdo Gleidson Souza foi expulso no fim do segundo tempo por entrada violenta em Ratinho.

O Sapo tem apenas três pontos e segue na última colocação, sem nenhuma vitória em nove partidas. Na próxima rodada, o CRB recebe o Boa Esporte, às 21h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Nos mesmos dia e horário, o Mogi vai a Belo Horizonte encarar o América-MG, no Independência.



Chutes de fora da área no primeiro tempo

O jogo começou morno. Os times perderam tempo se estudando e o primeiro lance de perigo saiu apenas aos 18 minutos, numa conclusão de Glaydson Almeida, do CRB. Ele completou de primeira bom cruzamento de Leandro Brasília. O Mogi acordou e respondeu dois minutos depois. Ratinho recebeu com liberdade pela direita e cruzou para cabeçada de Rivaldinho, assustando o goleiro regatiano.

Tentando a primeira vitória fora de casa na Série B, o Galo voltou a ameaçar aos 22, num chute venenoso de Olívio. O Mogi melhorou após os 30 e chegou com duas boas conclusões de Gustavo e Geovane. Pressionado, o CRB recuou e segurou o empate na etapa inicial.

Mazola Júnior, técnico do CRB (Foto: Júnior de Melo/Divulgação CRB)Mazola Júnior, técnico do CRB (Foto: Júnior de Melo/Divulgação CRB)

Gol contra dá vitória ao Galo

O segundo tempo começou melhor para o Galo. Logo aos três minutos, Olívio achou livre Zé Carlos, que parou em defesa arrojada de Daniel. Leandro Brasília ainda pegou o rebote e, de fora da área, chutou por cima. O CRB criou outra boa chance, aos 13. Zé Carlos fez lindo corta-luz, mas Clebinho bateu fraco, facilitando a defesa de Daniel. Depois, o técnico Mazola Júnior promoveu a estreia do meia Wellington Saci, contratado recentemente pelo Galo, aos 13 minutos, no lugar de Clebinho. O Mogi voltou a assustar aos 28. Geovane recebeu com liberdade no campo de ataque, se livrou de Leandro Brasília e bateu por baixo, levando muito perigo ao gol de Júlio Cesar.

Zé Carlos respondeu aos 30, numa pancada que parou em grande defesa do goleiro Daniel. O lance capital da partida saiu aos 31. Fernando recebeu lançamento pela direita, avançou com liberdade e cruzou por baixo. Precipitado, o zagueirão Renato Camilo fez contra, para desespero do patrão Rivaldo, que só observou do banco de reservas. Aos 43, o lateral regatiano Gleidson Souza deu uma entrada violenta em Ortigoza e foi expulso direto, sem apelações. O Mogi pressionou, obrigou Julio César a fazer bela defesa aos 47, em cabeçada de Ortigoza, mas não arrumou nem o empate no Romildo Ferreira.

Fonte: Globo Esporte


You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.