Copa América

'Brasileiros' dão show, Chile espanta crise com goleada e encerra 1ª fase na liderança

6/19/2015 10:33:00 PMReginaldo Júnior




Getty
Aránguiz marcou dois gols e Valdivia contribuiu com dois passes decisivos
Aránguiz marcou dois gols e Valdivia contribuiu com dois passes decisivos
No duelo que valia a liderança do grupo A da Copa América, o Chile não teve dificuldades para golear a Bolívia por 5 a 0. A seleção que atua em casa espantou a crise originada pelo acidente de Vidal o meio da semana e massacrou o adversário com gols de Aránguiz (dois), Sánchez, Medel e Raldes (contra). Além do jogador do Internacional, que balançou as redes duas vezes, Valdivia teve grande jornada e deu duas assistências.
Com o resultado, os chilenos terminam a primeira fase com sete pontos, esperando pela definição dos melhores terceiros colocados para saber quem será seu adversário nas quartas de final. Já a Bolívia, segunda colocada com quatro pontos, enfrentará o segundo do grupo C, que é o da seleção brasileira. Com três pontos, o Equador espera a definição das outras chaves para saber se conseguirá uma vaga entre os dois melhores terceiros.

Assim como já havia anunciado no início da semana, Jorge Sampaoli escalou Vidal no time titular. O meio-campista, que bateu sua Ferrari e acabou preso na última terça-feira, teve o apoio da torcida que lotou o Estádio Nacional de Santiago. Quem abriu o placar, contudo, foi Aránguiz, do Internacional, que pegou de primeira após ajeitada de Vargas logo aos dois minutos.

A partir daí, foi uma pressão desenfreada dos donos da casa, que criaram diversas chances com Alexis Sánchez. O atacante, contudo, não conseguia acertar a meta, e quando fazia tudo certo, dava azar, como em cobrança de falta na trave aos 30 minutos. Cinco minutos depois, contudo, não teve jeito. Sánchez arrancou, tocou para Valdívia, recebeu de volta do meio do Palmeiras e cabeceou no canto do goleiro. O duelo só foi para o intervalo em dois gols de diferença porque Vargas errou cara a cara no fim.

Percebendo a facilidade do confronto, Sampaoli poupou Vidal e Sánchez, tirando as duas estrelas no intervalo. A superioridade chilena, contudo, não diminuiu. Aos 20, após troca de passes, Henríquez cruzou para Aránguiz, que cortou a zaga e bateu firme, marcando seu segundo no jogo.

Valdivia, eleito melhor em campo, apareceu novamente aos 34 minutos, quando deu lindo passe em profundidade para Medel. O zagueiro dominou e encobriu o goleiro com categoria. Para fechar o resultado, Henríquez bateu cruzado e Raldés errou ao afastar, encobrindo o próprio goleiro.

Fonte: ESPN



You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.