Brasileirão Série B

Com gol de letra, reformulado Paraná vence o Ceará na estreia da Série B

5/08/2015 11:09:00 PMReginaldo Júnior


Vila Capanema Paraná Ceará (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)Jogadores comemoram o gol de Henrique na vitória sobre o Ceará (Foto: Giuliano Gomes/PR
Press)

Atacante Henrique, uma das seis novidades do time, marca o gol da vitória tricolor. Ceará pressiona no fim, mas não consegue furar a marcação adversária




Com gol de letra, o reformulado Paraná Clube venceu o Ceará por 1 a 0 na noite desta sexta-feira, na Vila Capanema, na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro. O atacante Henrique, um das seis novidades do time comandado por Nedo Xavier (outro estreante), marcou o único gol do jogo - que teve 2.679 pagantes, 3.321 ao todo, para uma renda bruta de R$ 56.195,00.

A partida marcou a estreia de seis jogadores com a camisa tricolor: os zagueiros Zé Roberto e Rodrigo, os volantes Éder e Washington, o meia Rafael Costa e o atacante Henrique. Apesar disso, o time não sentiu a falta de entrosamento. O primeiro gol, inclusive, foi construído por dois recém-contratados: Éder passou pelo goleiro e tocou para Henrique balançar a rede. O Ceará pressionou até o último minuto, mas não conseguiu superar a marcação tricolor.
O Paraná vai em busca da segunda vitória na Série B diante do Santa Cruz na sexta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), no Arruda. Já o Ceará recebe o Atlético-GO no sábado, dia 16, às 21h, no Presidente Vargas. Antes, o Vozão visita o América-MG, às 19h30 de terça-feira, no Independência, pela Copa do Brasil

Gol de letra garante vitória

O Paraná adotou uma postura ofensiva logo no início. Os volantes Éder e Washington tinham bastante liberdade. Éder, aliás, criou a primeira chance clara. Bateu cruzado e viu Luis Carlos desviar e a bola ainda bater no travessão antes de sair. Depois, o Ceará equilibrou o jogo e passou a rondar a área adversária, mas não levou perigo. Depois dos 30, o Tricolor retomou o domínio - que, dessa vez, deu resultado. Éder avançou, driblou o goleiro e tocou para Henrique, de letra, abrir o placar. Jogada de estreantes. O Vozão, por sua vez, teve outro problema além do placar adverso: Luis Carlos e Tiago Cametá saíram machucados - Tiago e Éverton entraram.

O Ceará partiu em busca do gol de empate, e o segundo tempo ficou mais equilibrado e, digamos, brigado. O árbitro Marcelo Aparecido de Souza mostrou, ao todo, 11 cartões amarelos - seis deles para o time visitante - e um vermelho, para o volante Éverton. Na melhor chance do time comandado por Silas, o atacante Assisinho cabeceou, e o goleiro Marcos salvou com o pé. A pressão aumentou nos minutos finais, mas o Paraná conseguiu segurar o resultado e largar com o pé direito na Série B do Campeonato Brasileiro de 2015.

  Fonte: Globo Esporte e vídeo do ESPN

You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.