Brasileirão Série B

América-MG resolve em 16 minutos, goleia Santa Cruz e vence a 1ª na Série B

5/23/2015 06:46:00 PMReginaldo Júnior

Coelho fez etapa inicial irretocável, cravou 4 a 1, o placar final; Tricolor, que perdeu segunda em três pela Série B, melhoraram na volta, mas não furaram bloqueio




Mancini deixou sua marca na goleada do América-MG sobre o Santa Cruz
Mancini deixou sua marca na goleada do América-MG sobre o Santa Cruz. Foto: ESPN
 
Pouco mais de 45 minutos. Foi esse o tempo necessário para que o América-MG engolisse o Santa Cruz, neste sábado, na Arena Independência, em Belo Horizonte, pela Série B, e afastasse a crise que rondava o clube mineiro. Com o apoio do torcedor, o Coelho não tomou conhecimento do Tricolor e aplicou um impiedoso 4 a 1 na equipe pernambucana. Na segunda etapa, apesar da melhora dos adversários pernambucanos, o placar continuou o mesmo. Os gols da partida foram marcados por Robertinho, Mancini, Sacoman (contra) e Marcelo Toscano, para os mineiros. Enquanto Pedro Castro marcou para os corais.
Com o resultado, o América-MG chega aos quatro pontos na tabela de classificação e sobe para o sétimo lugar. Enquanto isso, o Tricolor segue com três, caindo para 15ª posição. Na próxima rodada, o Coelho encara o Bragantino, em Bragança Paulista. Já o Santa Cruz recebe o ABC, no Arruda. Os jogos ocorrem sexta-feira, às 19h30.

Passou o carro

Um atropelamento. Essa é a melhor definição para o primeiro tempo da partida. Sem tomar conhecimento do Santa Cruz, que pareceu não ter entrado em campo, o América-MG demorou apenas um minuto para mostrar quem manda no Independência. Aproveitando-se da frágil defesa coral, Robertinho empurrou a bola para o fundo das redes tricolor. Feito repetido por Mancini, aos oito, e Diego Sacoman, contra, aos 15. Massacre que deixou a equipe do técnico Ricardinho atônita em campo.  Sem forçar, o Coelho chegou ao quarto gol com Marcelo Toscano. O vexame coral só não foi maior porque Pedro Castro, no último minuto, diminuiu.

Tarde demais

Duas bolas na trave, um gol anulado e duas chances claras de gol. Tivesse aproveitado o que criou no segundo tempo, o Santa Cruz conseguiria um placar histórico no Independência. A reação, porém, não aconteceu. Mesmo mostrando um futebol infinitamente melhor do que na primeira etapa, o Tricolor não conseguiu nem mesmo diminuir a distância do placar. Acomodado pela vantagem elástica, o América-MG praticamente não entrou em campo na segunda etapa. Investindo no toque de bola e tirando proveito do nervosismo dos pernambucanos, o Coelho só viu o tempo passar até o apito final.

Fonte: ESPN e Globo Esporte

You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.