Brasileirão Série A

Em chance única, Marcão dá a vitória de letra ao Figueirense sobre a Chape

11/09/2014 06:24:00 PMReginaldo Júnior

Depois de perder grande chance na etapa inicial com Ricardo Conceição, Verdão vacila, e Figueira não perdoa: 1 a 0 que deixa a Chape colada na degola

Preciso e matador, Marcão e o Figueirense precisaram de apenas uma bola para bater um concorrente direto, e regional, contra o rebaixamento e dar um breve respiro na tabela de classificação do Brasileirão. Na primeira chance real de gol do time da casa contra a Chapecoense, e única finalização do centroavante contra a meta de Danilo em todo o jogo, a classe no toque de letra após a jogada de Clayton e Pablo renderam importantes três pontos para o Alvinegro no 1 a 0 para o Figueira, no Orlando Scarpelli, pela 33ª rodada, em duelo que deixou o time do oeste catarinense ainda mais perto da degola na quinta partida seguida sem vitórias.

Com a casa cheia, 15.552 de público total, o Figueira fez sua parte como mandante e contou com uma pitada de sorte. A Chapecoense teve mais domínio no primeiro tempo, com 55% da posse de bola, foi mais compacta e teve a chance nos pés de Ricardo Conceição de abrir o placar. Mas o volante mandou para fora a chance do gol, assim como a oportunidade de tirar o Verdão de perto da zona de rebaixamento. O Alvinegro mudou na etapa final, e Argel promoveu um trio ofensivo que mudou a partida. O gol único do duelo regional passou pelos pés dos três atacantes alvinegros.

Agora com 39 pontos e  na 13ª colocação, o Figueirense volta a campo no próximo domingo contra o Atlético-MG, às 19h30, no Independência. Na mesma data e horário, a Chapecoense recebe o Vitória, na Arena Condá, ainda com 36 pontos, mas agora mais perto da zona de degola, em 16º lugar, a apenas dois pontos do Vitória, o 17º colocado.

Fabiano e Thiago Heleno, Figueirense x Chapecoense (Foto: Getty Images)Fabiano e Thiago Heleno em disputa na vitória alvinegra (Foto: Getty Images)

O jogo

Com estádio cheio, muita festa antes da bola rolar e a pressão para não deixar um rival direto contra o rebaixamento escapar na tabela, a bola rolou no Orlando Scarpelli com o Figueira na frente nos primeiro minutos. A Chapecoense, porém, aos poucos foi se estruturando, conseguiu um bom equilíbrio entre os setores, compactados, e teve a melhor chance no início do jogo, em chute de longa distância de Tiago Luis, com força e perto do gol, mas que não chegou a assustar o goleiro Tiago Volpi. Aos 20, Léo Lisboa, substituto de Giovanni Augusto, fez o papel que a torcida e Argel esperavam de seu meia de armação: recebeu de costas, conduziu, limpou e bateu para o gol, na primeira boa jogada do time da casa, que teimou em buscar as bolas aéreas para chegar ao gol, com 11 levantamentos à área na etapa inicial. O lance capital no primeiro tempo, no entanto, foi dos visitantes. Em contra-ataque rápido e que parecia fulminante, Júnior Timbó deixou Ricardo Conceição na cara do gol, sem goleiro, mas o volante da Chape fez o mais difícil e mandou sobre a meta.

Precisando do resultado positivo, o Figueirense voltou com mudança. Argel colocou Felipe no lugar de Jefferson e o time da casa com mais ímpeto ofensivo, com três meias de armação. A Chapecoense também promoveu uma mudança, com a entrada de Bruno Rangel na vaga de Leandro, este último com pouca participação no primeiro tempo. Antes dos 10 minutos, o Alvinegro avançou ainda mais com a Pablo, como terceiro atacante, no lugar do jovem Léo Lisboa e aproveitou a primeira descida da Chape no segundo tempo para armar o contragolpe fatal. Em jogada toda armada pelo trio ofensivo, aos 18 minutos, Clayton tocou para Pablo na ponta, que cruzou de primeira para Marcão colocar no fundo das redes com categoria. De letra, entre as pernas do zagueiro, o centroavante marcou seu quinto gol na competição na única oportunidade que teve no jogo.

Antes mesmo da bola voltar a rolar, Jorginho colocou mais um atacante, Fabinho Alves, no lugar de Júnior Timbó. Em seguida o meia Zezinho ficou com a vaga do volante Diones, lançando o Verdão todo para frente em busca de ao menos um ponto e uma distância maior com relação ao primeiro time na zona de degola. Mas o Figueirense não deixaria mais os três pontos escaparem.

GOL


Fonte: Globo Esporte e Vídeo do YouTube

You Might Also Like

0 comentários

Não é Permitido Palavrões!!!







.